Singapura sem ti

Singapura sem ti

 

Para quem nos segue, sabe que Singapura é muito especial para nós!
Conhecemo-nos num voo a caminho de lá! E reencontramo-nos noutro voo também a caminho de lá!
Coincidência ou destino? A explicação e a história fica para outro post! 🙂 (Se pedirem muito, pode ser que o Dallas vos conte uma história muito linda e romântica!)

Hoje vim partilhar um pouquinho desta cidade/estado linda e os dias que passei por lá, exactamente entre os voos de conhecer e reencontrar o amor da minha vida! 😉

Quando penso em Singapura é inevitável não pensar na mistura de culturas, e no contraste entrelaçado (se isto faz sentido) do verde com o cinzento! Passo a explicar, Singapura é sem duvida uma metrópole, cheia de construções e portanto muito cinza… No entanto não deixa de ter o verde tão característico daquela zona asiática!

No percurso do aeroporto para a cidade, uma das primeiras coisas que saltam á vista é sem duvida o Marina Bay Sand (Hotel) e a Singapore Flyer (a roda gigante). No entanto nesse dia chegamos tarde e optamos por ir dar uma volta a China Town, para esticar as pernas e comer algo!

China Town em Singapura podia ser exactamente como China Town em qualquer outra cidade, caótica e muito movimentada, mas vibrante e colorida! Não fosse a mistura de culturas e o facto de estar repleta de templos… entre outras particularidades!

O que mais gostei de China Town? A loja do Tintin!!! 🙂 Sim… não tem nada a ver com China Town no entanto, tem imenso material de colecionador e bem… para mim foi nada mais nada menos do que uma viagem á infância! Infelizmente, só pude trazer uma lembrança para o meu tio ( que é um verdadeiro apaixonado!), mas adorei e se for novamente a Singapura, volto lá (Pagoda Street, se quiserem ir lá!) 🙂

Ainda em China Town e que supostamente fica desenquadrado ( mas eu não disse que Singapura é uma mistura de culturas e que apesar de bem definidas estão intrinsecamente interligadas? Esta é só mais uma prova!) encontramos o templo Sri Mariamman, é o templo hindu mais velho de Singapura. Não vou dizer que adorei a estrutura, é bonita sim, mas já estive em templos mais “majestosos”, no entanto conseguimos meditar por breves instantes e foi sem duvida agradável e muito relaxante!

E claro não podia sair de China Town sem umas bugigangas lembranças! 🙂

Depois de nos embrenhamos pelas ruas e ruelas, de loja em loja e templo em templo, acabamos em Little India! Que é uma espécie de China Town mas indiana… E o que se faz em Little India que não tenham feito em China Town? Bem, andamos de loja em loja, templo em templo e comemos! Ah.. Já tínhamos feito isso em China Town? lol Sim! Mas aqui é “same same, but diferent”! 🙂

Marina Sand Bay

No dia seguinte acordamos cedo e fomos diretas para o Marina Bay Sand, uns dos hotéis mais luxuosos da cidade e mundialmente conhecido pela sua estrutura e especialmente pela piscina (infinity pool, dá o efeito que não termina!). O Hotel é enorme, são 3 torres unidas apenas em cima, por uma estrutura denominada SkyPark. É nesta estrutura  onde está localizada  a piscina (ao comprido), restaurantes e bares e um miradouro fabuloso! Infelizmente a piscina só está aberta para os hospedes! 🙁 (Talvez um dia…)

Skypark View

Gardens By the Bay

Para ir ao miradouro, paga-se uma cota (que honestamente já não me lembro quanto é, mas vale a pena!) A vista é lindíssima. Podem ver pelas fotos, que para além de poderem ver a chamada zona financeira da cidade (prédios e mais prédios), podemos também observar um campo de football em cima da água ( extremamente diferente e original não é?), vemos também o ArtScience Museum (a estrutura branca em forma de flor) e o  jardim Garden by the Bay, que foi para onde fomos passear a seguir!

Gardens By the Bay Domes

O Garden By the Bay é um projeto para fazer de Singapura uma cidade verde e não uma cidade monótona e cinza!Ainda que esta seja considerada quase uma Las Vegas Asiática ( o que pode ser discutível, porque Macau também é considerada a Las Vegas asiática…) Quando entramos no jardim sentimo-nos num mundo á parte, as infraestruturas são modernas e futurísticas ( as chamadas Super Arvores a mim fazem-me pensar que estou no Jurassic Park!), não vou divagar muito sobre os jardins, porque para mim há locais que não se narram, vivem-se! Este é sem duvida um deles! Só vos digo: preparem-se para caminhar e deixem-se levar pela natureza! Se puderem fiquem até ao final de tarde para assistir ao espectaculo de fecho.

SuperTree Garden By The Bay

Nesse dia demos por encerradas as visitas! (Digamos que os jardins são pequeninos… ah ah)

No dia seguinte, fomos para o outro lado da baia, muito agradável também para passear.

Começamos pelo Merlion, a famosa estatua do leão com corpo de peixe, símbolo de Singapura! Se querem tirar a típica foto ao lado da estatua convém estar pronto para esperar porque esta zona é altamente movimentada e turística!

Caminhamos imenso e demos voltas aleatórias, simplesmente para nos perdermos e encontrarmos (é o meu método preferido para conhecer cidades!)

Singapore Flyer

Passamos também pela Singapore Flyer, a roda gigante! Infelizmente não subi, mas aproveitei para ver as salas que rodeiam a entrada e tem imensas coisas giras. Tenho a certeza que ia adorar subir (nem sempre podemos fazer tudo o que queremos! E as viagens que fiz a trabalho tinham quase sempre limitações em termos de tempo e de horário! Não é o mesmo que estar de férias… Mas nunca me vão ouvir queixar, porque tive uma oportunidade maravilhosa que me trouxe muitas experiências, que dificilmente teria não fosse ser hospedeira de bordo! Afinal, por muito que tenha viajado antes, nada se compara a saltitar pelo mundo como só as hospedeiras fazem! )

Bem, e por não ter mais tempo faltaram umas visitas que adorava ter feito…

Deixo aqui a minha wishlist para uma próxima ida a esta cidade-estado que me diz tanto!

  • explorar o ArtScience Museum
  • subir á Singapore Flyer e quem sabe jantar lá em cima! 😉
  • nadar na infinity pool do Marina Bay Sand Hotel
  • comer amendoins no bar do Raffles Hotel (manda a tradição que devemos deitar a casca no chão! )
  • jantar na Singapore’s Street Food
  • passar uns dias em Sentosa (desde praias enormes, aquários, parque de diversões e o Universal Studio!!)

Para finalizar este post, não podia deixar de referir uma das coisas que todas as mulheres adoram, Shopping!!!

Singapura é simplesmente a cidade maravilha no que toca a compras! 🙂
Todas as lojas, desde as mais baratas ás mais caras, estão lá!

Por isso, sim… fiz compras lá e é obvio que faz parte da wishlist de quando lá voltar! 😛 hihi

Já agora, quem dai já foi a Singapura? E quem gostava de ir?
Deixem também nos comentários cidades que gostavam de ver aqui no blog!

Beijinhos,

Tiffany

 

 

 

Partilha:

4 Comments

  1. Ana Paula Realista
    27 Agosto, 2016 / 16:38

    Imagens lindas, adorei o post e adorei ficar a conhecer Singapura através destas imagens tão lindas e deste post. Beijinhos e obrigada pela partilha

    • 28 Agosto, 2016 / 17:00

      Obrigada nós! Pela leitura e pelo elogio! 🙂
      Singapura é lindíssima, vale mesmo a pena uma visita!
      Um beijinho e vamos continuar a mostrar-vos sítios maravilhosos!

  2. 11 Novembro, 2015 / 10:55

    Bom dia minha linda!!
    Adorei conhecer Singapura através deste post. Nunca me tinha apercebido que era tão lindo!!! Obrigada pela partilha!!
    Beijocas

    • Tiffany & Dallas
      11 Novembro, 2015 / 16:25

      Obrigada eu pelo comentário tão querido! 🙂
      Singapura é lindíssimo e vale a pena uma visita! Sei que não é dos locais mais procurados/visitados pelos portugueses… Mas quem vai, não vem arrependido!

Responder a Tiffany Cancelar resposta