Dia Internacional da Mulher

Dia Internacional da Mulher

 

Hoje é dia 08 de Março de 2016 e portanto Dia Internacional da Mulher.

Como Mulher não podia deixar passar este dia em branco. Ainda assim, ponderei muito antes de escrever. Há tantos prismas ou assuntos que podiam ser debatidos aqui e sobre todos eles eu tenho uma posição bem pensada e assumida. No entanto todos os anos vejo a mesma discórdia a aparecer: uns (e cuidado que não disse umas, pois quando se trata deste assunto homens e mulheres têm muito a dizer) optam por deixar mensagens de força e carinho, mas rapidamente são atacados por outros que dizem que estas mesmas mensagens não devem ter lugar apenas neste dia mas todo o ano!

Outros ainda recordam histórias de mulheres que faleceram num incêndio em Nova Iorque; outros lançam um infindável roteiro de datas e cronologias; outros ainda mostram-nos mulheres que deram o nome á luta; outros mostram-nos Super-mulheres que vivem no anonimato.

Outros falam de leis, religiões e ideologias. Alguns relacionam casos actuais como a selfie de nudez da Kim Kardashian ou então as jovens que foram agredidas aquando de uma viagem. E aqui o tema passa também pela liberdade! Liberdade de ser mulher! Liberdade de viver!

Não, não me denomino uma feminista, tão e somente porque não preciso, sou muito mais do que isso (sem ofensa ás feministas!) SOU MULHER! E se calhar também tenho muito de feminista em mim!

Princesas, Rainhas, Cinderelas… hoje não vou discutir nem divagar, hoje dedico-Nos um poema de José Carlos Ary dos Santos, na esperança que a subtileza do meu gesto e o poder deste poema seja quando baste!

MULHER

A mulher não é só casa

mulher-loiça, mulher-cama
ela é também mulher-asa,
mulher-força, mulher-chama
E é preciso dizer
dessa antiga condição
a mulher soube trazer
a cabeça e o coração
Trouxe a fábrica ao seu lar
e ordenado à cozinha
e impôs a trabalhar
a razão que sempre tinha
Trabalho não só de parto
mas também de construção
para um filho crescer farto
para um filho crescer são
A posse vai-se acabar
no tempo da liberdade
o que importa é saber estar
juntos em pé de igualdade
Desde que as coisas se tornem
naquilo que a gente quer
é igual dizer meu homem
ou dizer minha mulher
ARY DOS SANTOS

 

Tão atual como quando foi escrito! “A posse vai-se acabar no tempo da Liberdade” Não vou divagar, prefiro deixar-vos a pensar!

Amem-se (a vocês e a todas as outras mulheres!)

Um Beijinho ,

Tiff

P.s: Talvez estranhem a foto, mas qualquer outra foto poderia cair num estereotipo ( jovem/velha, gorda/magra, acessórios como maquilhagem, joias ou chapéus!) Por isso escolhi um bébé que é simbolismo da pureza e é também a nossa maior dádiva e a nossa maior alegria! Espero que entendam e que mais uma vez este gesto vos toque.

 

Partilha:

Deixa-nos o teu comentário