Dallas, Expectativas e o Inimaginável

Dallas

Um blog de lifestyle também tem de ter umas histórias de amor ou não? Especialmente quando o blog é escrito por um casal!

No ano passado, o início de Setembro tornou-se uma data muito especial para nós, como casal.

Eu ainda trabalhava como hospedeira de bordo, e portanto nós mantínhamos uma relação á distância! Distância essa que às vezes era só de umas horas de diferença e outras vezes era um fuso horário totalmente diferente. E por isso, fazíamos tudo o que estava ao nosso alcance para estarmos juntos, nem que fosse viajar cerca de 8mil quilómetros para estarmos juntos apenas 2 dias.­­­­

É de referir que o Dallas é de Lisboa e trabalha na nossa capital. Mas eu estava a trabalhar no Médio Oriente! Ou melhor o meu “acampamento” era lá, mas eu andava sempre a circular pelo nosso lindo planeta! E portanto, assim que o meu horário mensal saía, nós organizávamos logo o mês e quais as possibilidades para estarmos juntos. Eu tentava sempre pedir dias de folga consecutivos, de forma a vir ter com o Dallas até à Europa, mas nem sempre era possível, e nesses casos, ou quando eu tinha mais de 2 dias seguidos numa cidade qualquer, víamos logo os bilhetes de avião para o Dallas vir ter comigo! Infelizmente isto só foi possível no Canada (mas isso noutro dia vos conto!).

Bem, isto tudo para vos explicar que assim que o meu horário saiu e percebemos que teria umas miniférias de 4 dias em Dallas, a expectativa relativamente a estarmos juntos nesses dias, foi grande. Infelizmente, (já não me lembro se porque os bilhetes estavam exageradamente caros ou se por motivos de trabalho), o Dallas não conseguiu vir ter comigo!

Conclusão, no dia de fazer o voo já não fui trabalhar tão feliz, como no início desta aventura imaginei que iria. E a tristeza quase que me engolia quando abri a porta do quarto de hotel, onde ia ficar 4 dias sem o meu amor! (a vida de hospedeira de bordo, tem muito glamour, mas também tem muita solidão).

No entanto, assim que cheguei ao quarto, e porque não sou mulher de desanimar, liguei logo ao Dallas (e aos meus pais) a avisar que chegara bem! E o Dallas soltou um “O teu quarto não é giro? E não te entregaram nada?” e claro eu desconfiei, e lá “levantei os olhos” e vi….

Rosas vermelhas e chocolate
Um ramo de rosas vermelhas lindíssimas, uma caixa de bombons (deliciosos, não chegaram a sair de Dallas! Ah ah ) e… my Lovely Teady Bear!

Percebem agora porquê que o meu namorado tem como “heterónimo” Dallas?

dallas teddy bear

Porque assim que vi aquele ursinho lindo e fofo, tinha de o batizar! E que melhor nome do que a cidade em que ele veio parar ao meu colo?

E foi este gesto romântico que marcou estes dias na cidade de Dallas no Texas! Adorei! E passado um ano, tinha de vir partilhar convosco!

P.s. as flores traziam um cartãozinho…. (um segredo que dá para outro post!)

Beijinho Tiffany

 

 

Partilha:

2 Comments

  1. Helena Raquel
    10 Fevereiro, 2016 / 20:35

    ontem não tive muito tempo mas hoje tive que cá passar novamente e dizer que adoroo este episódio em Dallas 😉 e agora percebo o porque do nome do teddy *-*
    gostei imenso

    • Tiffany & Dallas
      10 Fevereiro, 2016 / 21:46

      Quem bom Helena! Ainda bem que gostaste!
      Também adorei a surpresa do Dallas!
      Claro que fiquei triste, porque ele não pode vir ter comigo… Mas tira-se sempre algo de bom, do mal que acontece! 🙂

Responder a Tiffany & Dallas Cancelar resposta