Como fazer as Melhores Crepes Francesas

Como fazer as Melhores Crepes Francesas

Nasci e vivi em França; por isso desde muito pequena que sou apreciadora de crepes. Em Paris sê Romano; ai desculpem em Roma sê Romano; em Paris come crepes! 😛 lol

Em Portugal já há muitos anos que há imensas pastelarias, cafés e restaurantes onde se serve crepes; e na maior parte das vezes muito bem! Não excelente, mas muito bem! Inclusive recentemente abriu uma avalanche de Nutelerias por todo o país; e obvio que o Nutella está para as crepes; como a manteiga para o pão quentinho! Nota-se que ainda não fui lanchar? Pois…

Bem, o objectivo do post não é de todo dizer que os crepes que já provei (infelizmente não provei em todos os sítios do país!); não são deliciosos! São, são ótimos… mas os meus crepes são melhores! ah ah E digo isto com humildade: para mim e para o meu gosto os meus crepes são os melhores! 🙂 Talvez porque os faça  desde pequenina (com ajuda da minha mãe); talvez porque quando faço posso comer muitos… e quando digo muitos, digo mesmo muitos! lol Se não me engano a receita (ou melhor as quantidades) é para 4 pessoas! Não digo que coma tudo sozinha, mas posso afirmar que não preciso de muita ajuda!!!

Sim, eu assumo: Sou Gulosa!!!! MUIITOOOOOO

O que é certo; e o Dallas é testemunha disso é que eu insisto, provo em todos os lados! Ah ah Mas digo sempre: “Os meus são melhores” 🙂

Eu sei que o segredo é a alma do negócio…. mas sejamos francos dificilmente vou abrir uma creperia! 🙂 até porque não teria sucesso… pois muito provavelmente eu conseguia esgotar o produto todo antes mesmo de saírem da cozinha….

Dito isto, deixo-vos a receita! 😛

Que na verdade não é minha! É a receita típica dos crepes franceses! 😉 Mas com todos os truques que ninguém vos ensina! 😛

 

Crepes

Ingredientes:
  • ½ litro de leite
  • 2 ovos
  • 125g de açúcar
  • 125g de farinha
  • 1 Colher de óleo
  • 25g de Maizena
  • 1 Cheirinho de rum (sim leram bem! Não me chamem de bêbada… é só mesmo um golinho! E até tenho um Rum preferido: Rum “A Negrita”, que só uso mesmo para os crepes! Fora isso não sou apreciadora de Rum!)
Preparação
  • Bata os ovos com o açúcar
  • adicione a farinha, a maizena e um bocadinho de leite aos poucos
  • bata vigorosamente  até obter uma massa sem grumos (nesta parte já perdem as calorias que vão ganhar! hihi)
  • adicione a colher de óleo, o resto do leite e rum.
  • misture até ter uma mistura homogénea
  • tape e leve ao frigorifico por cerca de 20 minutos

 

  • Aqueça a frigideira antiaderente (há frigideiras próprias para crepes, mas se não tiver, uma antiaderente serve! Convém é ser bastante larga)
  • Embeba um bocadinho de algodão em óleo e passe pela frigideira ( muito ao de leve)
  • Despeje uma concha de massa na frigideira e reparta por toda a frigideira rapidamente, girando a frigideira. (tem de ficar uma camada muito fininha, este é um dos truques fundamentais para o sabor e também porque assim conseguimos comer mais! ah ah!)
  • Deixe em lume brando até se formarem umas bolhinhas e as bordas começarem a desapegar da frigideira
  • Com a ajuda de uma espátula garanta que a crepe está desapegada da frigideira
  • Com um impulso firme mande a crepe ao ar, dando um ligeiro twist para que quando ela volte já esteja virada ao contrário! (não é fácil explicar! Desculpem! )
  • Se não conseguir fazer como uma Pro ( onde foi a minha humildade? ), usem a espátula; ou como se diz em “avec” “desinmerdar-te” (os mais sensíveis que perdoem!)
  • Deixe aloirar e retire para um prato
  • Se for como eu… coma imediatamente enquanto vai fazendo mais!!! 😛
  • Se for solidária convide a família ou pelo menos o namorado! lol
  • Repita o passo do algodão embebido em óleo a cada 2 crepes, ou antes se sentir necessidade, mas é algo mesmo muito ao de leve, não se pode sequer notar a gordura do óleo na frigideira. faço-me entender?

 

Toca a aproveitar

No dia em que fizer as crepes não é bom dia para pensar em ser fit! Use e abuse! Divirta-se! 🙂 E os recheios aconselháveis são nada mais nada menos do que:

  • Nutella
  • Manteiga (quando a crepe ainda está quente)
  • Nesquick
  • Açúcar
  • Doces ou compotas variadas
  • Philadelphia
  • Vache Qui Rit
  • Kiri (queijo do genero do Vache Qui Rie, so que nada a ver! lol )
  • Mel
  • Fruta variada
  • claro que também pode comer simples, porque verdade seja dita elas já têm açúcar com fartura… 😛

As opções são imensas, o limite é a criatividade e a dor de barriga! No que toca a crepes eu podia fazer aqueles concursos americanos “quem come mais”! E até a um jogador de Sumo eu ganhava! 😛

E sim… ponho doses descomunais de açúcar, de nesquick, de nutella…. Mas tenho um lema ” quando sou fit, sou fit, quando é para estragar é para me saber pela alma!” E no ano seguinte a esta “desgraça” faço a dieta do “não come, não bebe, só respira!” (note-se que estou a brincar; mas devia estar a falar a sério! ah ah )

Espero que tenham gostado desta receita recheada de bom humor! é possível estar de mau humor quando se fala de doces????

Quem fizer não se esqueça de convidar; é só deixar a morada e a data nos comentários! 🙂

Ah e se acham que o Rum faz mal, coloquem umas raspas de limão! 😛

Beijinhos e bom apetite

Tiff

Partilha:

4 Comments

  1. Ana Paula Realista
    21 Outubro, 2016 / 01:00

    Até fiquei com água na boca, eu tb adoro crepes eheheh <3

    • 21 Outubro, 2016 / 13:40

      Então imagina eu… 😛
      Este fim‑de‑semana vou atacar! 🙂
      Beijinhos e bom lanche! 😉

  2. Helena Raquel Baptista
    20 Outubro, 2016 / 21:10

    jasuuus, até me abriu o apetite :p eheh <3

    • 21 Outubro, 2016 / 13:42

      Não duvido! 😛
      Aproveita o fim‑de‑semana e bons lanches! 😛
      Beijito

Responder a Ana Paula Realista Cancelar resposta